acesso a zona privada

Archive for ◊ Janeiro, 2008 ◊

31 Jan 2008 Governo da Madeira dispensa avaliar superiores

Este governo regional em 30 anos nunca encontrou incompetentes no seu seio, nunca demitiu ninguém de alto nível e nunca se renovou verdadeiramente.

É um governo que convive bem com a mediocridade e que não tem como objectivo a melhoria contínua. Neste contexto avaliar os chefes é uma perda de tempo porque neste regime jardinista os chefes nunca estão errados.

O Director Regional Jorge Oliveira esconde-se por entre os Decreto-Lei para tentar esconder o que é claro para toda a gente: Na Madeira a incompetência nunca impediu ninguém de chegar e fazer o que quer que seja.

A minha perspectiva sobre as organizações e a avaliação é completamente diferente. Eu acho que as organizações e os partidos têm deficit de avaliações. É com avaliações detalhadas e objectivas que todos tomamos conhecimento do que precisamos melhorar e temos a vontade de o fazer, quer por orgulho próprio, quer pelo esforço concertado de todos na organização.

Na minha empresa fazemos avaliações individuais a cada 6 meses utilizando o método de avaliação 360 graus – todos avaliam-se a si próprios e avaliam todos os membros da equipa (somos 8 pessoas) com base em cerca de vinte critérios muito objectivos. Depois de preencher o formulário electrónico, imprimimos os resultados e fazemos reuniões quer individuais, quer colectiva.

Acho que os partidos teriam muito a ganhar com avaliações deste tipo. É muito comum a visão que os outros nos transmitem sobre nós numa avaliação 360 ser mais correcta do que a nossa própria avaliação.

Publicidade
Quer implementar um sistema de avaliação 360 na sua Empresa?
A InforQuali pode ajudá-lo. Contacte-nos!

31 Jan 2008 Novo bastonario dos advogados na Madeira
 |  Category: Notícias  | One Comment

Eu gosto deste bastonário, apesar de não gostar das Ordens profissionais em geral.

António Marinho Pinto é frontal, é polémico, é controverso, é bom comunicador, é interessante.

Vamos lá ver o que nos traz o seu discurso de hoje na tomada de posse do Conselho Distrital.

Este bastonário é daquelas pessoas que quando tem um microfone à frente aproveita para dizer coisas e não para enrolar conversa.

31 Jan 2008 Governo Remodelado
 |  Category: Notícias  | Comments off

Governo remodelado stop
novos titulares ja estao em funcoes stop
nao ha mudanca de politicas stop

31 Jan 2008 Cemitério Israelita em Santa Maria Maior
 |  Category: Notícias, Política Madeira  | Comments off

http://www.dnoticias.pt/default.aspx?file_id=dn04010202310108

Faz todo o sentido a saída do Cemitério Israelita da encosta sobranceira ao Toco.

A localização actual não dá garantia de segurança para que lá se possa fazer o que quer que seja.

O mais interessante daquele cemitério são as campas e essas vão ser preservadas.

No actual estado, o cemitério não traz qualquer mais-valia para a Freguesia.

Acho muito bem que vá para São Martinho.

O Rabi é que vai fazer um bom negócio. Com a tradição judaica a obrigar à realização de um funeral desde o início quando é aberta uma campa… Enfim é tradição, tem de ser respeitada.

31 Jan 2008 Acrilico para combater o mau cheiro???
 |  Category: Notícias  | One Comment

http://www.dnoticias.pt/default.aspx?file_id=dn04010211300108

Segundo o Diário de Notícias o Presidente da Câmara da Ponta do Sol vai construir uma parede em acrílico por forma a evitar a circulação de ar em direcção ao centro da vila.

A notícia parece brincadeira de carnaval, mas a notícia vem acompanhada com citações do Presidente e tudo.

Fazer uma parede em acrílico para impedir o ar de circular é capaz de ser algo… como ei de dizer isto… estúpido!

É dinheiro jogado ao vento! Não só não vai resolver o problema do cheiro, como o acrílico vai rebentar com a força do vento.

Diz a notícia que “o autarca admitiu que durante a noite havia descargas ilegais na rede pondo em causa o regular funcionamento da ETAR.”

O autarca adiantou que “os serviços técnicos da direcção recomendaram construir uma infra-estrutura que impedisse a passagem dos cheiros e as obras vão se iniciar em breve”.

Os técnicos recomendaram e pelos vistos os políticos não têm bom senso…

Acabei de ter duas ideias megalómanas alternativas ao acrílico!

A primeira é colocar aspersores de perfume automáticos por toda a vila.

A segunda é procurar o(s) ponto(s) de descarga ilegal na rede impedir que tal volte a acontecer… se calhar até resolveria o problema do mau cheiro…

31 Jan 2008 Presidente da Região?
 |  Category: Política, Política Madeira  | Comments off

A novidade da moção ao congresso do PSD-Madeira parece ser o Presidente da Região.

Eu considero que a alternativa à existência do cargo de Ministro da República, agora designado de Representante da República, devia ser uma de três soluções:
1. O Presidente da República promulga directamente as leis das Assembleias Regionais.
2. Existe um órgão unipessoal regional eleito em eleições próprias que faz esse papel.
3. Deixa de haver promulgação por um órgão especial e passa o Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira a administrativamente tornar as leis válidas.

Qualquer uma destas três vias me parece aceitável, mas prefiro a terceira alternativa.

No caso deste segundo ponto faz todo o sentido que se lhe chame Presidente da Região.

O Alberto João defendeu uma arquitectura para este cargo mais perigosa, a de um presidente que seria eleito inter-pares na Assembleia, à semelhança do que acontece na Alemanha e Itália.

Esta solução não me parece de todo aceitável. O presidente só tem voz activa se tiver legitimidade própria obtida em eleições próprias para esse cargo e em data diferente do órgão exxecutivo. Alguém sabe como se chama o presidente da Alemanha ou o presidente de Itália? Seguramente que não, só conheçemos os chefes de governo…

O exemplo do Miguel Mendonça enquanto Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira é demonstrativo de como um presidente sem legitimidade própria se comporta perante os atropelos laranja que a toda a hora acontecem na Assembleia Legislativa da Madeira.
Para o manter com rédea curta, a mesa é eleita ano a ano, em vez de o ser pelo período da legislatura como acontece na generalidade das Assembleias.

Se do ponto de vista do princípio não me choca a existência de um Presidente da Região, há que ter em conta o timming em que a proposta surge – num momento em que Jardim diz estar quase de saída do Governo.
Não faz qualquer sentido estar a modificar a estrutura dos órgãos próprios da Região Autónoma para arranjar um cargo para uma pessoa.

Já estou a ver o filme… A proposta não tem hipotese nenhuma de vingar… Não há revisão da Constituição ou alteração do Estatuto Político Adminsitrativo nestas matérias… e em suposta retaliação o Alberto diz: se é assim então candidato-me novamente!

31 Jan 2008 Autárquicas 2009

Ainda não percebi a estratégia do PS para as eleições autárquicas, mas se calhar tenho andado distraído…

Inicialmente era para arrancar em força, já este ano, com todos os candidatos na rua em campanha. (FORÇA)

Depois passou-se a mensagem de que os candidatos às autárquicas de 2009 seriam candidatos às regionais de 2011, como se fosse necessário um prémio para existirem candidatos.
Será que os actuais deputados vão ser todos candidatos autárquicos? Ou vão ser todos substituídos em 2011 à excepção do candidato a São Vicente?
(FRAQUEZA)

O processo autárquico ia iniciar com tanto gás que nem dava tempo de realizar eleições nas Concelhias – fica o secretariado responsável pelas listas nesses Concelhos, conforme deliberação da Comissão Regional por larga maioria (FORÇA)

Quando chegarmos a 2009 todas as Concelhias já terminaram o mandato, logo sem legitimidade para elaborar as suas listas Concelhias (FRAQUEZA)

Existem desde já contactos para a escolha de candidatos … (FORÇA)

Afinal foram contactos desautorizados e nomes riscados, uma vez que os candidatos vão surgir por geração espontânea de entre as dinâmicas locais/concelhias, mas sem eleições… (FRAQUEZA)

O PS vai ter candidatos socialistas! (FORÇA)

À primeira oportunidade é feito um convite público a um ex-vereador do PSD que naturalmente recusou (FRAQUEZA)

Os candidatos do PS só vão ser conhecidos em Julho de 2009, após as eleições Europeias (e eventualmente Legislativas Nacionais). (FRAQUEZA)

O PS já tem um coordenador autárquico em funcionamento, com visibilidade semanal e que irá coordenar o programa autárquico numa perspectiva regional (FORÇA)

Afinal a linha política da campanha autárquica vai ser o combate ao Governo Regional e não política autárquica (FRAQUEZA)

Ai… ai… isto não me parece nada bem… É que 2 anos passam num instante…

Se calhar estou apenas mal informado. Espero sinceramente que seja esse o caso.

30 Jan 2008 Nuno Virgilio em 7 no pre-mundial
 |  Category: Desporto  | Comments off

Nuno Virgílio, piloto que representa o Câmara de Lobos, está em 7.º após duas mangas no pré-mundial de parapente que se está a realizar no México em Valle de Bravo.

É um resultado fantástico até ao momento! Acompanhem os resultados aqui:

30 Jan 2008 América vai a votos 2
 |  Category: Política  | Comments off

Votos contados na Florida e acertei em apenas 5 das 7 previsões… Só falhei a principal que era quem ficava em primeiro Romney ou McCain.

Pensei que a situação económica chegasse para dar uma ajuda a Romney, mas não chegou. Assim e de uma assentada, McCain ganha 57 delegados à convenção, vai ter o apoio de Giuliani que vai desistir e recupera a possibilidade de obter donativos para a campanha quando a conta já estava nas lonas.

Na minha opinião a corrida eleitoral já tem vencedores finais, quer no lado dos Republicanos, quer dos Democratas.
Nos republicanos McCain solidifica a vantagem que já tinha nas sondagens em termos nacionais, recupera capacidade financeira e obtém o apoio do seu amigo Giuliani que desiste.
Para aqueles que achavam que não voltaria a existir um presidente (ou candidato) como o Bush, eis que surge McCain. Deus nos valha com as escolhas destes americanos…
Huckabee será seguramente o escolhido para candidato a vice-presidente.
Nos democratas, apesar da eleição ser a feijões uma vez que não seriam eleitos delegados, ficou novamente claro que Obama perde com 20 /70 nos hispanicos para Hillary. Sem os hispanicos Obama não chega à vitória.
O número de votantes nas primarias dos democratas tem sido espantoso. Existe uma grande movimentação a favor de Obama entre os jovens. Eleição após eleição batem-se recordes de participação nos democratas, o que é uma excelente perspectiva para as eleições gerais em Novembro deste ano.
Nem o apoio dos Kenedy chegará para mudar o cenário.
Penso que no pensamento dos democratas está a visão de 16 anos no poder: 4+4 com Hillary e Obama como vice, seguidos de outros tantos com Obama. É um cenário muito interessante…
29 Jan 2008 A Rita quase a chegar…
 |  Category: Prazer  | 3 Comments

A Rita está quase a chegar… A data prevista é 6 de Abril, mas sabe-se-lá qual será a data certa…

Pela minha parte e por parte da Ana já está tudo praticamente pronto, mas também não é preciso ter pressa e chegar antes da hora…

Tenho andado a ler bastante sobre o bebés, já que vou ser pai pela primeira vez.

Estou muito entusiasmado com esta nova fase da minha vida.

Tenho uns textos escritos sobre as coisas interessantes que foi descobrindo sobre o desenvolvimento das crianças. Vou colocá-los no forum Familas-Madeira.com dentro de alguns dias.

Até breve!
29 Jan 2008 America vai a votos
 |  Category: Política  | Comments off

America vai hoje a votos no estado da Flórida. Um dos mais importantes estados vota nas primárias para decidir que candidato Republicano e Democrata é escolhido.

Também hoje, Bush faz o seu último discurso do Estado da Nação. Com a perspectiva de recessão e uma aprovação pública do seu mandato de apenas 30% vamos ver o que ele diz… Uma coisa é certa: vai ter palmas… nisso os Americanos são muito sólidos… Presidente é Presidente!

A eleição nos democratas é mais ou menos a feijões, já que o partido penalizou este estado por estar a fazer as primárias antes de 5 de Fevereiro. Supostamente os delegados eleitos não vão contar para a eleição de delegados à convenção… A ver vamos se assim será…

A mesma situação já tinha ocorrido nos democratas no estado do Michigan. Nesse estado, o Obama e o Edwards retiraram o seu nome do boletim de voto. A Hillary decidiu manter o nome e ganhou com larga vantagem ao “uncommited” ou seja, os delegados não adstritos a nenhuma candidatura. Desta vez, nenhum dos outros candidatos retirou o nome do boletim de voto.
As sondagens dão grande vantagem a Hillary, que já começou a fazer pressão para que estes delegados possam ter acesso e voto na convenção de Denver lá para meados do ano.

Do lado dos Republicanos a luta é muito mais interessante e equilibrada.

Temos o McCain que é uma nova versão do Bush em termos de orientação política. É um heroi de guerra, familia de militares até à quinta geração, que foi capturado e torturado (se não me engano no Vietnam) e que por causa disso não consegue levantar os braços acima dos ombros. A sua campanha é Iraque – Terrorismo – Baixar os Impostos.
O McCain vai à frente nas sondagens nacionais, mas neste momento tem menos delegados eleitos do que o Romney.

Mitt Romney é um milionário Mormon. Tem bom aspecto, fala bem e tem dinheiro para gastar na campanha sem ter de andar aflito a angariar fundos, como os demais candidatos. A sua experiência é sobretudo no privado e não teve cargos em Washington.
O seu tema de campanha é a Economia e Baixar os Impostos.
De entre os Republicanos este é o meu preferido (o menos mau!).
Penso que o Romney vai ganhar hoje porque o tema da economia está na berra com a queda da bolsa na semana passada. As sondagens Florida têm dado o McCain à frente por margem mínima nas últimas semanas. Antes disso, neste estado e no país sempre esteve à frente o Giuliani.

Rudy Giuliani era governador de Nova Iorque quando ocorreu o 11 de Setembro. A sua estratégia é idêntica à de McCain, com a desvantagem (na perspectiva dos Republicanos) de ser mais moderado do que aquele.
Giuliani escolheu uma estratégia muito arriscada nestas primárias. Não fez campanha nos primeiros estados (onde não estava bem nas sondagens e onde os republicanos são mais radicais) e esteve o tempo todo a fazer campanha no estado da Flórida que hoje vai a votos.
O seu objectivo era ganhar neste estado em que se aplica a regra winner-takes-it-all. O candidato com mais votos elege todos os delegados. A Flórida é um dos três grandes estados em termos de delegados, juntamente com o Texas e a Califórnia.
Rudy liderou as sondagens na Florida e no país durante meses… e agora, à beira da praia perdeu completamente a vantagem que tinha e está aflito. Hoje é um dia decisivo para ele… se tiver um resultado calamitoso provavelmente nem chega à super terça-feira – dia 5 de Fevereiro.
Eu ainda acho que hoje o Rudy vai conseguir um forte terceiro lugar, o que lhe vai permitir manter o animo e continuar na corrida. Pelo menos até 5 de Fevereiro.

O quarto e último candidato com hipóteses é Mike Huckabee. Pastor Baptista que tem como temas de campanha a defesa da vida (contra o aborto) e baixar os impostos.
Surgiu tarde na campanha e veio colmatar a falta que os Republicanos sentiam de um candidato que fosse mais radical na defesa da vida.
Huckabee é um republicano radical, mas bastante simpático e bem humorado. É muito provavel que venha a ser o candidato a vice-presidente, independentemente de quem for o republicano vencedor (McCain ou Romney). É que McCain e Romney não se suportam um ao outro e Huckabee consegue garantir-lhes o voto ultra-conservador, que sem ele provavelmente ficava em casa e não ia votar.
Huckabee não tem experiência de Washinton, mas foi um Governador com boas referências.
Na semana passada na Carolina do Sul, um estado conservador, Huckabee era suposto ganhar e teve um duro revés. A vitória foi para McCain porque Huckabee dividiu os votos conservadores com outro candidato radical (Thompson) que entretanto já desistiu. Thompson e Huckabee também tinham contas por acertar…


As minhas previsões para as eleições de hoje:

Nos Democratas
1.º Hillary (com larga vantagem)
2.º Obama
3.º Edwards

Nos Republicanos
1.º Romney (com vantagem mínima)
2.º McCain
3.º Giuliani
4.º Huckabee

29 Jan 2008 Programa eleitoral consistente
 |  Category: Política  | 2 Comments

Recebi um email com o seguinte compromisso eleitoral. O email não tinha identificação do autor… se alguém o conhecer digam-me para lhe dar os devidos créditos.

Programa Eleitoral

O nosso partido cumpre o que promete.
Só os tolos podem crer que
não lutaremos contra a corrupção.
Porque, se há algo certo para nós, é que
a honestidade e a transparência são fundamentais.
para alcançar nossos ideais

Mostraremos que é grande estupidez crer que
as máfias continuarão no governo, como sempre.
Asseguramos sem dúvida que
a justiça social será o alvo de nossa acção.
Apesar disso, há idiotas que imaginam que
se possa governar com as manchas da velha política.
Quando assumirmos o poder, faremos tudo para que
se termine com os marajás e as negociatas.
Não permitiremos de nenhum modo que
nossas crianças morram de fome.
Cumpriremos nossos propósitos mesmo que
os recursos económicos do país se esgotem.
Exerceremos o poder até que
Compreendam que
Somos a nova política.

Após a eleição o programa eleitoral mantêm-se exactamente igual, mas agora deve ser lido ao contrário, ou seja, de baixo para cima.
Ninguém poderá acusar este partido de não cumprir o programa de governo…

:-)

28 Jan 2008 Nacional atira pedras aos vizinhos
 |  Category: Desporto, Política, Política Madeira  | Comments off
Fábula baseada na realidade

Diário de Notícias Madeira 28/Jan/2008
http://www.dnoticias.pt/default.aspx?file_id=dn04010205280108
(lei-a a notícia primeiro para melhor entender do que é que estou a falar)

A cidade desportiva do Nacional – a Machu Picchu da Madeira – foi descoberta pelo Nacional e pelo seu presidente Rui Alves mais ou menos na época quinhentista.

Após uma expedição paga a 130% pelo Governo Regional, a descoberta desta cidade perdida na Choupana, numa das zonas mais altas da freguesia de Santa Maria Maior, fez-se a muito custo.

Muitos trabalhadores passaram a sofrer de reumatismo dadas as elevadas alturas e o nevoeiro característico deste ícone da Madeira Nova. É por isso normal ainda hoje se verificarem tantos complexos e dores de cotovelo por aquelas bandas.

Eu, que até sou autarca na Freguesia de Santa Maria Maior já há uns anos, posso garantir que já moravam autóctones na zona da Choupana antes da chegada do Nacional, alguns dos quais junto ao “rio” que trespassa a Freguesia àquela cota.

Posso também relembrar que durante as escavações arqueológicas da cidade desportiva, acumularam-se pirâmides de terra à beira das colinas. A mãe natureza não gostou da posição das pirâmides de terra, juntou-lhes água e atirou-as montanha abaixo atingindo às casas dos autóctones e destruindo os seus parcos bens.

Estas pessoas já moravam nas suas “casinhas de palha com um único quarto” antes do Nacional descobrir a cidade perdida da Choupana. Aliás o nome Choupana até deriva dessas rústicas casas dos autóctones primitivos.

A cidade perdida da Choupana foi construída à beira da encosta e sobre mais de 500 (quinhentas) grandes bolas de rocha, cada uma delas pesando mais de 500 (quinhentas) toneladas. Foi armada com 500 (quinhentas) toneladas de betão e sobre ela foram colocados gigantescos telhados de vidro.

Agora, o Nacional com a sua casa bem engendrada, com o nariz empinado sobre a baía do Funchal, atira pedras aos vizinhos a quem chama de clandestinos. É certo que a especialidades destes autóctones não são os meandros das licenças camarárias, mas daí a lhes jogar pedras vai uma grande distância.

Isto faz-me lembrar aquela anedota de há dois milénios (4×500), onde apedrejavam uma mulher, daquelas da má vida.
Até que apareceu Jesus e clamou “Quem nunca falhou que atire a primeira pedra”.
Fez-se um silêncio sepulcral e então uma pedra é lançada com toda à força à desgraçada desta história.
E Jesus pergunta:
- Tu nunca falhaste?
- A esta distância, não!

:-)

É caso para dizer… com um telhado de vidro daquele tamanho é melhor não atirar pedras.

28 Jan 2008 Estivadores e seus patrões: Temos força ou não temos?
 |  Category: Política, Política Madeira  | Comments off

De pouco serviram os cartazes do PND! Os estivadores, os seus patrões e o Governo Regional, numa demonstração de força, vêm aumentar os preços do transporte marítimo mostrando quem têm força. São mais 10€ na taxa de combustível, mais 6€ numa nova taxa ISPS, mais 4% para os estivadores (que já ganhavam extremamente bem), 2,5% para a Autoridade Portuária, etc.

Será que o Presidente da República estava a falar dos salários milionários dos estivadores da Madeira na mensagem de ano novo? Espera, não… era para os gestores.

Certo é que a situação actual não dá mostras de mudar. Eu já estive a pensar na profissão para a minha filha que vai nascer daqui a uns meses e quero ver se a convenço a ser estivadora. Ganha-se bem, trabalha-se poucos dias na semana e as lesões frequentes (devido à natureza da actividade, claro) dá direito a descansos prolongados em casa (para recuperar da doença, claro).

Falando mais a sério, a ideia de verdadeira liberalização dos portos apresentada pelo Virgílio Pereira está a precisar de mais spin! Alguém tem por aí um microfone?

Não faz sentido os constrangimentos que a actual lei de cabotagem coloca aos armadores para operar no mercado interno. É uma lei proteccionista que tem como reverso da medalha os custos mais elevados para as ilhas por falta de concorrência.

A Lei da Cabotagem é irrealista em muitos aspectos, nomeadamente frequência e preço para todas as ilhas.
Sabiam que segundo essa lei o transporte para o Porto Santo (a partir do continente) tem de ter o mesmo preço que para a Madeira?
Sabiam que as frequências exigidas impedem que operadores internacionais possam concorrer com os operadores nacionais?

Os madeirenses continuam impávidos e serenos. Afinal de contas são só mais 16€ num roubo total de 977€ por contentor de 20 pés.

Eu cá acho que os 16€ faziam-me falta para jogar no EuroMilhões… mas assim jogam eles por mim… boa sorte!

28 Jan 2008 Partidos extintos vão para a Terra
 |  Category: Política, Política Madeira  | Comments off

Ontem encontrei o Ismael, o que agora é da Terra.
Só depois de o ver é que me veio à mente as potenciais consequências da extinção dos partidos políticos com menos de 5000 eleitores, como é o caso do Partido da Terra.

Se o Partido da Terra for extinto o João Isidoro passa novamente a deputado independente e deixam de ser vinculativos os acordos partidários anteriormente existentes.

Eu acho que os apoiantes do Partido da Terra deveriam desde já começar a conversar sobre um “código de conduta” para o caso do partido ser extinto. Um acordo do mesmo tipo que o Ismael conseguiu no tempo em que foi candidato à Concelhia…

Gato escaldado…

28 Jan 2008 Alberto de pantufas em 2011?
 |  Category: Política, Política Madeira  | Comments off

Acho que não! Por uma razão simples – A JUSTIÇA.

Se o Alberto se recolher às pantufas deixa de ter imunidade, o que significa que tem de passar a responder em tribunal por todos os processos que estão pendentes.

Além desses também vão existir os novos processos que o seu sucessor lhe vai colocar e também os que vão surgir quando as comadres brigarem com a falta de tachos.

Ele fez muita asneira em 30 anos e sabe disso. Por isso tem de ter imunidade…

Se for para qualquer cargo parlamentar tem o problema de não poder abrir a boca…
Como é que a máfia sub-alterna do PSD, utilizando o conceito de máfia do próprio Alberto João, conseguirá mudar de opinião e contrariar o padrinho? E se ele abre a boca?
E como é que o Alberto sobrevive com a igualdade parlamentar?
Não consegue… é demasiada democracia…

O Albuquerque disse à Lusa “Acredito naquilo que ele disse, que era o último mandato”.
Disse ainda que a mudança não significa necessariamente o caos e que o resto do PSD não é “um bando de mentecaptos”.

Eu discordo do Albuquerque.

28 Jan 2008 100 golos do Cristiano Ronaldo
 |  Category: Desporto, Política  | Comments off

Cá está a solução para pagar parte da dívida da Madeira!

Imposto sobre os golos marcados pelos jogadores de futebol madeirenses no estrangeiro!

Pensam que estou a brincar? Então o IVA e o princípio do país de origem? O Ronaldo não está a prestar um serviço? Porque é que ele há-de ser trabalhador por conta de outrem e não empresário em nome individual registado na Madeira? Onde é que ele obteve a fibra para lutar assim senão no bairro da Quinta Falcão em Santo António?

Com o Ronaldo a marcar 100 golos na liga inglesa vejam a mina de ouro que anda por aí por explorar. É preciso que o Governo Regional se mexa antes que alguém crie um monopólio (ou oligopólio) em mais esse negócio… Sei lá… podiam criar uma empresa pública com administradores bem remunerados e funcionários escolhidos a dedo que teriam a nobre missão de contar quantos golos o Ronaldo marcava… in-loco, porque a comunicação social não é de se fiar… O governo regional só tinha de pagar os salários, viagens, alimentação e bancada vip no estádio. O resto das despesas os dedicados funcionários suportariam do próprio bolso.

Em contrapartida, existiria eventualmente uma receita de imposto…

Não me parece um negócio pior do que os outros já feitos pelas sociedades de desenvolvimento… não acham?

:-)

28 Jan 2008 Luís Filipe Malheiro – Ultraperiferias
 |  Category: Política, Política Madeira, Tecnologia web  | Comments off

Achei muita piada ao comentário do Luís Filipe Malheiro (LFM) do artigo sobre os blogs do DN-Madeira (ver post anterior). Manifestou a sua mágoa perante as opiniões expressas na blogosfera por pessoas que “andam entre nós” e “entram e saem de instituições que depois criticam cumprimentando pessoas que enxovalham”.

A experiência do LFM com o seu blog é muito reveladora da natureza do regime político que se vive na Madeira.

No exercício da sua liberdade, o LFM fez uma coisa rara no laranjal da Madeira: dar a conhecer a sua opinião sobre diversas matérias, pisando mesmo várias vezes a linha ao dar opinião sobre assuntos onde ainda não havia posição oficial do partido. Fê-lo de forma muito suave e sempre com paninhos quentes reafirmando sempre que era apenas a sua opinião…

Também no exercício da sua liberdade, o PSD-Madeira mandou-o calar, quer nos comentários semanais na RTP-Madeira, quer no seu blog. E o LFM, no exercício pleno da sua liberdade individual cumpriu com o que o partido lhe pediu/ordenou/solicitou/… [escolha o verbo que mais lhe agradar…]. Este é um exemplo prático de liberdade de opinião na Madeira.

Mas no pequeno comentário ao assunto dos blogs do artigo do DN-Madeira, o LFM dá também a conhecer o resultado da sua livre expressão de opiniões na Madeira… “ganhou muitas inimizades”… tantas inimizades que na primeira oportunidade foi convidado a deixar o cargo de secretário-geral adjunto do PSD-Madeira. Não há nisto nada de anormal… foi o presidente do seu partido na sua liberdade de escolha dos colaboradores mais próximos…

LFM queixa-se daqueles que “entram e saem de instituições”, porque lá têm muitos interesses ou porque lá trabalham… Pessoas que se atreveram a ter opiniões próprias como ele e a expressa-las publicamente… a lata dessa gente…

Mas é uma pena que o ultraperiferias passe a ser politicamente inerte. Mas se isso acontecer ao menos o LFM fica com mais tempo para trabalhar como chefe de gabinete do Presidente da Assembleia Legislativa da Madeira. Os madeirenses ficam sempre a ganhar… :-/

28 Jan 2008 Obediência total ou olho da rua…
 |  Category: Política, Política Madeira  | Comments off

Será que ouvi mal ou o Jardim mandou recados para os secretários regionais e demais dirigentes políticos regionais no jantar da Associação da Construção Civil da Madeira (ASSICOM)?

Mas… os dirigentes políticos da Madeira estão de alguma forma ligados aos construtores civis?

Ou será que os construtores civis da Madeira têm alguma influência especial nos dirigentes políticos regionais? Porquê mandar mensagens aos políticos numa associação de construtores? Ainda por cima num programa que dizem… aposta no social e não no betão…

Devo ter ouvido mal…

28 Jan 2008 Abaixo o Anonimato
 |  Category: Internet, Tecnologia web  | One Comment


Um dos assuntos mais recorrentes na blogosfera é a utilização do anonimato para difamar.

Eu sou totalmente contra o anonimato. A identificação é essencial para termos cidadãos responsáveis em vez de uma sociedade que vive na obscuridade.

No entanto, a identificação do autor não pode ser sinónimo de abster-se de opinar. Devemos fazê-lo sempre, mas de forma responsável.

Opinemos então…