acesso a zona privada

Archive for ◊ Julho, 2009 ◊

31 Jul 2009 Fim do ano escolar
 |  Category: Família, Prazer  | Comments off

E assim acaba o ano escolar…



Infantário Os Louros

31 Jul 2009 Se o ridiculo pagasse imposto…
 |  Category: Política  | One Comment

Eu sou totalmente a favor das contas de campanha claras, completas, detalhadas.
Mas tudo tem limites!

As regras para as contas de campanha estão cada vez mais ridículas! Em vez de se corrigir as coisas erradas que existem nesta Lei, a Entidade das Contas do Tribunal Constitucional ainda aumenta a quantidade de coisas ridículas pedidas!

Para estas eleições temos as seguintes novidades (no que respeita a coisas ridículas):

1. A lista de acções de campanha tem de ser apresentada na fase de orçamento e não na apresentação das contas, ou seja, é suposto prever desde já ao dia(!) quais as acções a realizar e quantas tshirts, canetas e manifestos vão ser utilizados em cada acção.

Isto não é fazer planeamento, é perder tempo! Os dias não são todos iguais… A quantidade de material a utilizar depende das circunstâncias, mas enfim… Não se decide com 2 meses de antecedência onde vamos e o que vamos fazer em cada dia de campanha.

As estimativas tontas fazem-se rápido com o Excel… é o que vale! Mas isto é perder tempo, não é planear.

2. A cedência de bens do partido à campanha tem de ser feita através de Contrato de Comodato.
De acordo com as regras em vigor, o Partido e a Campanha são duas entidades distintas. Parece mentira, mas é verdade!
Assim, para que a Campanha utilize, por exemplo, um palanque, um sistema de som e uma sala para uma conferência de imprensa, é necessário fazer um Contrato de Comodato entre o Partido e a Campanha (que por acaso são a mesma pessoa jurídica com o mesmo contribuinte) de cedência temporária de bens.
Esses bens têm de ser valorizados económicamente a valores de mercado e apresentados na lista de acções de campanha, que mencionei no ponto 1.
Eu nem estou a ver como é que juridicamente é possível fazer um contrato consigo próprio, mas eles lá saberão o que dizem…

3. Se a campanha do Funchal precisar de uma fotocópia (na sede do partido), esse serviço deve ser valorizado economicamente em termos das contas de campanha, devidamente documentadas e validadas pelo Mandatário Financeiro… Ou seja, é suposto considerar cada fotocópia como um donativo em espécie como todos os outros já mencionados no ponto 2. Deixa-me rir…

Ora, como para fazer um donativo em espécie provavelmente terei de fazer uma fotocópia, então essa fotocópia terá de ser valorizada economicamente, pelo que terá de existir um novo donativo em espécie, que terá novo documento emitido e nova fotocópia, que terá de ser valorizada economicamente, pelo que terá de existir um novo donativo em espécie, que terá novo documento emitido e nova fotocópia, que terá de ser valorizada economicamente, pelo que terá de existir um novo donativo em espécie, que terá novo documento emitido e nova fotocópia, que terá de ser valorizada economicamente, pelo que terá de existir um novo donativo em espécie, que terá novo documento emitido e nova fotocópia, que terá de ser valorizada economicamente, pelo que terá de existir um novo donativo em espécie, que terá novo documento emitido e nova fotocópia, que terá de ser valorizada economicamente, pelo que terá de existir um novo donativo em espécie, que terá novo documento emitido e nova fotocópia, que terá de ser valorizada economicamente, pelo que terá de existir um novo donativo em espécie, que terá novo documento emitido e nova fotocópia, que terá de ser valorizada economicamente, pelo que terá de existir um novo donativo em espécie… Certo?

Ridículo…

30 Jul 2009 Costa vs Lopes
 |  Category: Política Portugal  | Comments off

30 Jul 2009 Programa Eleitoral de Manuela Ferreira Leite
 |  Category: Economia, Humor, Política Portugal  | Comments off

“Deixe o rico ir comprar o iate”
Manuela Ferreira Leite

Manuela Ferreira Leita pode não ter ideias, não ter propostas, não ter soluções, mas ao menos não tem dúvidas interiores sobre quais são as questões mais importantes para o país na sua perspectiva – os iates dos ricos.

Também no Jornal de Notícias.

27 Jul 2009 Resultados Finais do Campeonato Nacional de Parapente
 |  Category: Desporto, Parapente, Prazer  | Comments off

CAMPEÃO NACIONAL INDIVIDUAL 2009
Nuno Gomes – CSD Câmara Lobos

CAMPEÃO NACIONAL EQUIPAS 2009
CSD Câmara Lobos

CLASSIFICAÇÕES INDIVIDUAIS CAMPEONATO NACIONAL PARAPENTE 2009
1.º Nuno Gomes (CSD Câmara Lobos) – 6157 pontos
2.º Nuno Virgílio (CSD Câmara Lobos) – 5996 pontos
7.º Cristiano Pereira (CSD Câmara Lobos) – 5162 pontos
32.º Cláudio Virgílio (CSD Câmara Lobos) – 2350 pontos
37.º Nuno Caçador (CN Calheta) – 1984 pontos
42.º Paulo Branco (AAUMa) – 1687 pontos
43.º Justino Nóbrega (CSD Câmara Lobos) – 1620 pontos
48.º Américo Sousa (CSD Câmara Lobos) – 1273 pontos
49.º Décio Abreu (CSD Câmara Lobos) – 1167 pontos
54.º Renato Nóbrega (Ludens Clube Machico) – 1102 pontos
62.º Nuno Aguiar (CN Seixal) – 813 pontos
68.º Pedro Galvão (CN Calheta) – 702 pontos
77.º Duarte Gouveia (CN Calheta) – 478 pontos
78.º Evandro Amaro (CN Calheta) – 477 pontos
79.º Sérgio Gouveia (CSD Câmara Lobos) – 462 pontos
Fonte: http://www.fpvl.pt/competicao_cn2009_pg_indiv.html

CLASSIFICAÇÕES EQUIPAS CAMPEONATO NACIONAL PARAPENTE 2009
1.º CSD Câmara Lobos – 19.434 pontos
12.º Clube Naval Calheta – 3.920 pontos
16.º AAUMa – 1.687 pontos
17.º Ludens Clube Machico – 1.102 pontos
18.º Clube Naval Seixal – 813 pontos
Fonte: http://www.fpvl.pt/competicao_cn2009_pg_clubes.html

Fiquei em 77.º no Campeonato Nacional!!!! eh! eh!

27 Jul 2009 100 Milhões disponíveis para a Madeira

Uma excelente notícia para a Madeira!
Bernardo Trindade apresenta hoje!

27 Jul 2009 Manifestamente exagerado…
 |  Category: Humor, Politica Geral  | Comments off

Um cidadão Português foi atropelado em 1980 e por causa disso ficou inválido. Apresentou queixa contra a seguradora e aguardou. Em 1987 foi informado que o seu processo tinha desaparecido e só voltou a aparecer em 1997 num armário…

Fez uma acção contra o Estado no Tribunal Administrativo. A 9 de Julho de 2009, o Supremo Tribunal Administrativo deu-lhe razão, condenando o estado a pagar-lhe 10 000€.
O acórdão do Supremo Tribunal Administrativo diz que a queixa tem “manifesto exagero“, ignorando que o queixoso já tinha falecido há 6 meses à data do acórdão…

Gostaria de aproveitar esta oportunidade para mandar estes meritíssimos juízes para um sítio que eu cá sei! Dir-vos-ei o sítio em concreto daqui a 29 anos, quando esta minha afirmação já tiver prescrito e vossas excelências tiverem morrido.


Li hoje no Jornal de Notícias
Morreu sem ver fim de processo contra o Estado com 26 anos
Estado condenado a pagar dez mil euros por atraso em processo judicial

Agostinho O. morreu em 2008 sem ver o fim de um processo que moveu contra o Estado por violação do direito à Justiça em prazo razoável. A decisão chegou este mês e dá-lhe razão, 26 anos depois do primeiro contacto com a máquina judicial.

Há dois tempos neste caso paradigmático de atraso na Justiça. O primeiro começa em 1980, quando um acidente rodoviário transformou por completo a vida de Agostinho, relata o processo do Supremo Tribunal Administrativo”, a que o JN teve acesso. Vítima de atropelamento na rua onde morava, em Lisboa, esteve em coma e, menos de um ano depois, foi forçado a aposentar-se, devido às graves mazelas com que ficou. Tinha então 49 anos, trabalhava como carpinteiro e era o sustento da mulher e da filha.

Três anos depois, já reformado, decidiu avançar com um processo cível contra o responsável pelo atropelamento e a companhia seguradora do veículo.

Durante quatro longos anos, Agostinho resignou-se a esperar. Tentou, junto do tribunal, obter respostas que nunca chegavam e insistiu, por diversas vezes, pedindo formalmente celeridade para o caso.

Por volta de 1987, para seu desespero, foi informado de que o processo tinha “desaparecido”. Os papéis do caso só voltaram a aparecer em Maio de 1997, “num armário da ex-Câmara de Falências”, e também não lhe foi dada “qualquer justificação” para o sucedido, como refere a decisão do STA. Precisamente 20 anos e 108 dias depois, em 2003, esta primeira fase do tormento terminava. Farto de esperar, Agostinho chegou a acordo com a seguradora, que lhe pagou a quantia, pouco mais do que simbólica, de 3 491,59 euros.

Mas o seu calvário pelo labirinto dos tribunais estava longe de acabar. Revoltado, decidiu pedir contas ao Estado pela demora e deu entrada com uma acção no Tribunal Administrativo.

O acórdão do STA que põe fim ao caso foi tornado público seis anos depois, no dia 9 deste mês, depois de um anterior recurso que já havia ilibado o Estado. O Supremo fixou em dez mil euros mais juros a indemnização que o Estado deverá pagar por danos não patrimoniais, referentes a atrasos na administração da Justiça. Os juízes consideraram que os 20 anos de espera para ver designado o julgamento em primeira instância causaram à vítima “angústia e ansiedade”. Demasiado tarde para Agostinho. Morreu em Outubro do ano passado.

Apesar do tempo que já decorreu desde a morte de Agostinho (nove meses), o acórdão do STA ignora este facto. O texto reconhecer que, “na verdade, o anormal atraso do processo perturbou, preocupou ou afligiu o autor”, mas os juízes não se coíbem de afirmar que todas estas consequências estão “aquém dos graves danos psicológicos e psíquicos de que ele [Agostinho], com manifesto exagero, presentemente se queixa”.

27 Jul 2009 Agora também vale tiros?
 |  Category: Política Madeira, Política Portugal  | Comments off

O zepelim do PND foi alvejado a tiro! Agora também vale tiros?

Já várias vezes me sugeriram pôr publicidade do PS na minha asa de parapente. Eu respondia a brincar que não queria ser alvejado… Afinal o risco é real! Parece que os tiros já fazem parte da política regional…
Quem brinca com o fogo queima-se! Brinquem aos tiros e depois queixem-se se algum louco fizer uma desgraça qualquer.

Estou à espera de ver a condenação pública deste acto por parte de todos os partidos! Espero bem que o façam! TODOS!

26 Jul 2009 Autarquicas em Lisboa
 |  Category: Política Portugal  | Comments off

A campanha de Lisboa vai ser interessante. Isto com campanha na internet fica mais interessante…

http://antoniocosta2009.net/

26 Jul 2009 75% não quer Albuquerque
 |  Category: Notícias Madeira, Política Madeira  | Comments off

De acordo com a sondagem de hoje do Diário de Notícias – Madeira, 75% não quer Albuquerque para suceder a Jardim.

Albuquerque tem o pior resultados das 12 sondagens que o Diário de Notícias Julho 2009 – 25,8%, ou seja, 75% dos inquiridos não o querem para líder do PSD.

Na minha opinião o Alberto só pensará em deixar a liderança do PSD quando for claro nas sondagens que não é Albuquerque o sucessor… Ele sabe porquê…

26 Jul 2009 Linhares 2009
 |  Category: Desporto, Parapente, Prazer  | Comments off

Continua a decorrer na bela terra de Linhares a última prova do campeonato nacional de parapente.

O nosso campeão Nuno Virgílio (CSD Câmara de Lobos) é o melhor português voltando aos resultados que nos habituou.
Aqui vão os resultados:
Manga 1
Manga 2

As posições/pontuações dos pilotos da Madeira foram as seguintes:

Manga 1
3.º Nuno Virgilio – 886 pontos (CSD Câmara de Lobos)
8.º Américo Sousa – 740 pontos (CSD Câmara de Lobos)
23.º Nuno Gomes – 449 pontos (CSD Câmara de Lobos)
25.º Cristiano Pereira – 409 pontos (CSD Câmara de Lobos)
37.º Nuno Aguiar – 255 pontos (Clube Naval do Seixal)
38.º Nuno Caçador – 253 pontos (Clube Naval da Calheta)
47.º Décio Abreu – 195 pontos (CSD Câmara de Lobos)
48.º Pedro Galvão – 189 pontos (Clube Naval da Calheta)
48.º Evandro Amaro – 189 pontos (Clube Naval da Calheta)

Manga 2
2.º Nuno Virgílio – 989 pontos (CSD Câmara de Lobos)
8.º Cristiano Pereira – 780 pontos (CSD Câmara de Lobos)
14.º Nuno Gomes – 738 pontos (CSD Câmara de Lobos)
21.º Américo Sousa – 533 pontos (CSD Câmara de Lobos)
28.º Nuno Caçador – 474 pontos (Clube Naval da Calheta)
29.º Nuno Aguiar – 456 pontos (Clube Naval do Seixal)
37.º Pedro Galvão – 333 pontos (Clube Naval da Calheta)
53.º Décio Abreu – 123 pontos (CSD Câmara de Lobos)
53.º Evandro Amaro – 123 pontos (Clube Naval da Calheta)

26 Jul 2009 Termina hoje o Tour de France
 |  Category: Desporto, Prazer  | Comments off

O Tour de 2009 foi o espectáculo que se previa e apenas surpreendeu pelo domínio do espanhol Alberto Contador. Contador e os irmãos Shleck (Luxemburgo), nomeadamente Andy deram espectáculo mostrando vontade em ganhar. Armstrong voltou e mostrou que a idade pesa, mas a qualidade é tanta que consegue estar no pódio mesmo depois de 4 anos fora da competição. Promete voltar para o ano e cá estaremos para o rever!

26 Jul 2009 Endividamento
 |  Category: Humor, Política Portugal  | Comments off

Bem sei que estamos em campanha eleitoral e que em campanha eleitoral não se promovem os adversários políticos, mas o início deste tempo de antena do BE está demais!
Não resisto a publicá-lo!

26 Jul 2009 Manuela com gripe

Manuela Ferreira Leite afinal não vem ao Cão da Lagoa. É a gripe, é a gripe!
É uma pena não poder contar com a sua presença… Tantos votos que isso nos ia dar pelo país inteiro…

Mas é preciso não brincar com coisas sérias. Com a saúde não se brinca, sobretudo com os frágeis e idosos.

26 Jul 2009 Hoje há laranjada
 |  Category: Humor, Notícias Madeira, Política Madeira  | Comments off

Hoje há “laranjada” no Chão da Lagoa… Só laranjada… É a Universidade de Verão do PSD!
Desta vez com a presença da Dr. Manuela Ferreira Leite!
Aguardamos com entusiasmo imagens do evento e dos protagonistas para poderem ser utilizadas no resto da campanha…

25 Jul 2009 Oscar Teixeira sobre o Caniço
 |  Category: Notícias Madeira, Política Madeira  | Comments off

Muito bem Óscar!

25 Jul 2009 Soluções para o Trânsito no Funchal
 |  Category: Ambiente, Economia, Politica Geral, Política Madeira  | Comments off

Ver mais no site da candidatura http://www.cidade-com-futuro.com

24 Jul 2009 Quanto vale um euro?
 |  Category: Economia, Política Internacional, Política Portugal  | Comments off

Fonte: Semanário (2.º caderno) 17/Janeiro/1997

Ao longo do século, o escudo foi perdendo valor. Tudo se comprava com uma moeda que foi ficando mais pequena em proporção à cotação:

O que se podia comprar com 1 escudo?
1911 – 2 quilos e meio de massa
1920 – 1 martelo em 2.ª mão
1930 – 1 pão saloio
1940 – 1 copo de cristal
1950 – 200gr de arroz. Um diário
1960 – Um bilhete de metro em Lisboa
1970 – Uma caixa de pastilhas
1980 – Uma pastilha “pirata”
1990 – Com sorte devolvem a moeda no troco no hipermercado…

A 1/1/1999 foi criada oficialmente a moeda única – o EURO – que entrou em circulação a 1/1/2002.

24 Jul 2009 Constrangimentos à Competitividade
 |  Category: Economia, Política  | Comments off

Quais são os Constrangimentos à Competitividade?

- Qualificação da mão-de-obra
- Custo dos factores de produção
- Custos de financiamento
- Capacidade de Gestão e Inovação
- Burocracia
- Sistema Fiscal
- Infraestruturas
- Opções políticas públicas

23 Jul 2009 Uma tabuleta enigmática
 |  Category: Política Madeira  | Comments off

Hoje, vi uma tabuleta no topo de um castanheiro presa por pinças.
A tabuleta dizia:
“Sou responsável pela lista, pela estratégia e pelos resultados desta lista.”