acesso a zona privada

Archive for ◊ Novembro, 2011 ◊

20 Nov 2011 Ainda na barriga…
 |  Category: Família, Prazer  | Comments off

Pois é, a data prevista de parto da Sara Leonor (19/11/2011) já passou… e a Sara ainda não dá sinais de querer sair da barriga da mãe.

Na sexta-feira ainda tive contracções, mas apenas durante uma hora… depois desapareceram sem deixar rasto. Na avaliação feita no hospital no Sábado, continua tudo na mesma: está tudo bem com a Sara, ainda tem muito líquido amniótico onde “nadar”, tem boa vitalidade e o colo do útero está favorável para o parto e até já permeável a 2 dedos.

E por isso, cá andamos a fazer muitas caminhadas a ver se convencemos a Sara a vir conhecer o mundo cá de fora. E, enquanto não podemos tirar fotos à Sara, vamos tirando fotos à barriga e restante família!

Família Gravidez

Rita e Ana no jardim

Rita e Duarte no jardim

10 Nov 2011 Contagem decrescente
 |  Category: Família, Prazer  | Comments off

Estamos mesmo nos últimos dias da gravidez da Sara Leonor. Já fiz a última ecografia. Ela já se virou de cabeça para baixo e estava com um peso estimado de 3280kg na altura. É muito comprida, segundo a médica (deve ser como a irmã, que nasceu com 53 cm).

Parece que se está a encaixar na bacia rodando para o lado errado (eu nem sabia que tinham que rodar para um lado específico…). Enfim, se ela descobriu que tinha de virar de cabeça para baixo, resta esperar que também perceba que tem que rodar para o outro lado antes que encrave nos ossos da bacia…

A médica diz que o colo do útero já está amadurecido e ficou a próxima consulta para segunda-feira. Enquanto isso, deixo-vos mais umas fotos.

Gravidez 2011 Familia

Gravidez 2011 Ana

01 Nov 2011 7 000 000 000 seres humanos
 |  Category: Política Internacional  | Comments off

O planeta viu ontem pela primeira vez o número de seres humanos vivos atingir os 7 mil milhões de indivíduos. Estes indivíduos distribuem-se, grosso modo, por 1,3 mil milhões na China; 1,1 mil milhões na Índia; 0,5 mil milhões na Europa e 0,3 mil milhões nos Estados Unidos da América.

http://www.indexmundi.com/map/?t=0&v=21&r=xx&l=pt

Com o crescimento económico da Ásia verifica-se uma mudança acelerada do poder económico para este continente. Mesmo que o crescimento económico da Ásia não fosse muito significativo, que é, o mero peso dos grandes números fazia com que essa mudança de enfoque económico tivesse de acontecer.

Este crescimento populacional é no entanto muito desequilibrado no mundo com muito diferentes rácios de fertilidade, com uma generalizada queda da mortalidade e um maior tempo médio de vida. O nível de desenvolvimento é muito diferente nos diversos países e é certo que o mundo não tem recursos suficientes para permitir que todos os seus habitantes humanos tenham o nível de consumo que os residentes no mundo ocidental usufruem actualmente.

É já evidente que a água, o petróleo, o terreno arável disponível, os recursos minerais e a própria comida não são suficientes para que todos possam ter o mesmo nível de consumo que actualmente têm os países ocidentais.

Mas não será justo que todos tenham o direito a este nível de conforto? Como se chegará a um equilíbrio justo? Desenvolvimento de novas técnicas mais eficientes de utilizar os recursos ou equilíbrio por nivelamento por baixo dos europeus e norte americanos e subida de todos os demais?

Vivemos num mundo onde o acesso à informação é universal. O segredo já não é a alma do negócio e nada pode ser mantido à margem da cópia e replicação em massa. Sem órgãos de governo, de polícia e de justiça verdadeiramente globais não existe forma de proteger quaisquer direitos de autores a nível global.